A UNÇÃO DOS DOENTES

Oferta especial limitada
7,47 € 8,30 €
DESCONTO-10%
Overview
Na sequência dos sacramentos, a Unção dos Doentes ocupa o quinto lugar, encerrando o conjunto dos cinco que dizem respeito à perfeição do homem. Os outros dois - a Ordem e o Matrimónio - dizem respeito à perfeição da sociedade.No interior dos primeiros cinco sacramentos, a Unção dos Doentes constitui um subgrupo com a Penitência, os sacramentos da cura. A Unção é a perfeição ou complemento da Penitência. Se pela celebração do sacramento da Penitência as feridas do coração são saradas e não deixam cicatrizes, pela Unção dos Doentes (Extrema-Unção) o cristão é purificado dos restos do pecado que o mantêm fragilizado e cativo do medo que a doença grave representa. Neste sentido a Unção é o sacramento do conforto e da consolação.A partir do séc. IX, generalizou-se a compreensão da Extrema-Unção como o sacramento dos moribundos e, neste sentido, fazia parte dos sacramentos da iniciação escatológica e daí a designação de Extrema-Unção. Hoje a compreensão do sacramento orienta-se mais no sentido de o ver como Unção dos Doentes (e até das pessoas muito avançadas em idade). A doença aqui considerada é a que representa uma ameaça mortal e assim a dimensão escatológica continua presente.O sacramento da Extrema-Unção/Unção dos Doentes é o sinal sensível da solicitude divina e eclesial por aqueles que sofrem, levando-lhes o conforto da comunidade, que reza por eles. Introdução Capítulo I A Questão Humana e Cristã do Sofrimento 1.1. O sofrimento como drama existencial 1.2. O sofrimento: problema, enigma e mistério 1.3. A tentativa de superação do sofrimento pela via filosófica 1.4. A via cristã Capítulo II O Pensamento de Deus acerca do Sofrimento 2.1. No Antigo Testamento 2.1.1. O sofrimento como castigo do pecado 2.1.2. O sofrimento como divina pedagogia, na literatura profética 2.1.3. O sofrimento do justo e o protesto de Job 2.1.4. Servo de Deus: sentido redentor do sofrimento 2.1.5. Macabeus: o sofrimento por causa da fé (martírio) 2.2. No Novo Testamento 2.2.1. Cristo perante o sofrimento 2.2.2. O Sofrimento do discípulo: completa o que falta às tribulações de Cristo (Col 1, 24) Capítulo III O Sacramento da Unção dos Doentes 3.1. Origem cristológica do sacramento da Extrema-Unção/Unção dos Doentes 3.1.1. A unção dos doentes como elemento integrante da missão apostólica 3.1.2. A prática eclesial da unção em Tg 5, 14-15 3.2. O sacramento ou o sinal sagrado na história do discernimento eclesial 3.2.1. Até ao século VIII 3.2.2. Do século ix ao Concílio Vaticano II 3.2.3. Depois do Concílio Vaticano II 3.2.4. O contributo de São Tomás 3.2.5. O Magistério da Igreja 3.3. A graça do sacramento 3.3.1. O conforto espiritual 3.3.2. A abolição dos restos do pecado 3. 3.3. A cura corporal 3.3.4. A remissão dos pecados 3.3.5. A preparação para a morte Conclusão Bibliografia
Leia mais
Sinopse
Índice
Comentários
Deixe-nos o primeiro comentário!

Deixe um comentário

  • Avaliação:
Descreva este livro utilizando apenas adjetivos ou uma frase curta.
Importar imagens:
Arraste as imagens para aqui ou click para importar.
Detalhes do produto
9789725402894

Ficha de dados

ISBN
9789725402894
Data
12-2011
Edição
Editora
UCE
Páginas
88
Tipo de produto
Livro
Idioma
Português
Classificação temática
Teologia » Teologia Sistemática
Coleção
Estudos Teológicos
Títulos relacionados
Pesquisas recentes

Menu

Crie uma conta gratuita para usar a lista de favoritos.

Login