CATOLICISMO, TRADIÇÃO E PROGRESSO

Oferta especial limitada
29,72 € 33,02 €
DESCONTO-10%
Overview

Contrariando a tradição do séc. XIX, um pensador tão importante como J. Habermas advogou, recentemente, por uma tensão dinâmica entre fé e razão, entre filosofia e religião, tensão dinâmica que é necessário cultivar nas sociedades crescentemente secularizadas de tradição cristã. Ele retomou esse tema em 2004, no colóquio académico com o cardeal Ratzinger, na Academia Católica da Baviera, em Munique. Aí Habermas defendeu que, sob as condições de secularização do saber, de um poder estatal neutro e de uma liberdade religiosa generalizada, “toda a Religião deve renunciar à pretensão de estruturar uma forma de vida em sua totalidade”, mas que, por outro lado, “a neutralidade cosmovisiva do poder estatal, que garanta a todo o cidadão as mesmas liberdades éticas, é incompatível com a generalização política de uma visão secularizada do mundo”. Ora o fundamento racional destas últimas exigências baseia--se em que as grandes religiões universais estão na origem da genealogia da razão: “A filosofia tem razões para situar-se frente às tradições religiosas na disposição de aprender”, já que estas últimas, e concretamente o Cristianismo, pertencem às origens da genealogia da razão.

Leia mais
Sinopse
Comentários
Deixe-nos o primeiro comentário!

Deixe um comentário

  • Avaliação:
Descreva este livro utilizando apenas adjetivos ou uma frase curta.
Importar imagens:
Arraste as imagens para aqui ou click para importar.
Detalhes do produto
9789898835307

Ficha de dados

ISBN
9789898835307
Data
12-2017
Edição
Editora
UCP | Porto
Páginas
778
Tipo de produto
Livro
Dimensões
160x230x50 mm
Idioma
Português
Classificação temática
Teologia » Teologia Prática
Coleção
Biblioteca Humanística e Teológica
Coord./Org.
Vários
Títulos relacionados
Pesquisas recentes

Menu

Crie uma conta gratuita para usar a lista de favoritos.

Login