Portal UCPPortal UCP | APEES | FacebookFacebook | Livraria UCPLivraria UCP
Pagina Inicial
Universidade Católica EditoraInício | Voltar | Imprimir




A FINITUDE DO INFINITO

/resources/Imagens/UCEditora/temas-educacao-cultura/proximidade-distancia.jpg Autor: João António Pinheiro Teixeira
Coleção: Fundamenta
Ano: 2007
Págs. 512
ISBN: 9789725401613
Preço: 24.40€encomendas

 

Esta obra estrutura-se em cinco grandes momentos: horizonte teologal da obra zubiriana, o Homem como expressão finita de Deus (religação), Deus como aspiração infinita do Homem (religião), o encontro entre a expressão finita de Deus e a aspiração infinita do Homem (cristianismo) e uma súmula das aquisições, limites e perspectivas da obra zubiriana.

«O Homem é o modo finito de ser Deus» desponta como uma espécie de motivação que subjaz a todo o texto: por estranho que pareça, o finito aparece como uma realização do infinito sem que tal finitude o menorize, apouque ou desfigure.

O assumir da finitude por parte do infinito configura uma poderosa certificação da sua infinitude: esta é de tal ordem que até acolhe o finito sem deixar de ser infinito. O infinito é-o tanto mais quanto menos se fecha sobre si mesmo e quanto mais integra o finito. O finito, neste caso, não constitui uma limitação, nem tão-pouco um acréscimo ao infinito. Constitui, antes, uma presença, uma plasmação, uma epifania.

No fundo, o que se pretende é pensar Deus e o Homem como intersignificantes, partindo do princípio de que Deus só é pensável com o homem e de que o homem nunca é pensável sem Deus.

| Voltar |


Topo
Logotipo Acessibilidades
Universidade Católica Editora
Palma de Cima
1649-023 Lisboa
Tel.: (+351) 217 214 020
Fax: (+351) 217 214 029
E-mail: uce@uceditora.ucp.pt
  Universidade Católica Editora - Porto
Rua Diogo Botelho, 1327
4169-005 Porto
Tel.: (+351) 226 196 200
E-mail: uce@porto.ucp.pt

Universidade Católica Portuguesa > Lisboa > Porto > Braga > Viseu
Página Inicial